O que são KPI's e Métricas e para que elas servem? Casa de Imagem

O que são KPI’s e Métricas

02 fev O que são KPI’s e Métricas

Como gestor ou profissional de marketing, você já sabe que todo o esforço do seu negócio deve ser feito para gerar bons resultados. Mas será que você sabe quais são as ferramentas para mensurar e analisar as principais informações obtidas?

A análise de métricas e o uso de KPIs são indispensáveis para ter certeza de que seu planejamento está realmente alcançando seus objetivos, seja em curto, médio ou longo prazo.

Afinal, é preciso entender essas informações para dominar e documentar suas estratégias, processo fundamental para realizar ações focadas no sucesso do negócio.

Quer entender a importância desses conceitos para a sua empresa e como calculá-los? Continue lendo que eu vou te explicar:

Diferenças entre KPIs e métricas

Normalmente, quando iniciamos um trabalho em um novo cliente aqui na agência, fazemos a primeira reunião que terá como objetivo definir as principais metas e quais são os KPIs que devemos observar. Mas não são raras as vezes em que percebo que as pessoas se confundem entre KPIs e Métricas.

Apesar das diferenças serem até certo ponto sutis, vale a pena tomar cuidado para não confundir o que se observa:

A sigla KPI vem do termo em inglês Key Performance Indicator (em tradução livre, “Indicador Chave de Performance”). Esses indicadores são utilizados para medir se as ações tomadas pelas empresas estão obtendo o resultado esperado. Mas quais são as diferenças entre KPIs e métricas?

As métricas têm a função de analisar um determinado comportamento do seu público com relação ao seu site, blog ou páginas em redes sociais — como, por exemplo:

  • A taxa de rejeição do seu site (falarei sobre isso abaixo),
  • O tempo de navegação,
  • Q quantidade de abertura de e-mails,
  • Usuários que retornam, etc.

Os KPIs, por sua vez, analisam se os esforços planejados em seu negócio estão de fato resultando no crescimento da empresa.

Essa análise poderá ser referente aos objetivos principais que foram definidos pela sua empresa, como:

  • ganho de autoridade,
  • aumento de leads,
  • aumento no ticket médio,
  • aumento do volume de pedidos mensais e assim por diante.

Para isso, defina quais indicadores deverão ser listados como principais, bem como a periodicidade em que serão analisados. Lembre-se de que não existe uma regra que determina tipos de KPIs e intervalos de análise. Isso está diretamente ligado ao objetivo do seu negócio.

Resumindo:

O segredo para atingir um KPI está em acompanhar de perto as métricas estabelecidas no planejamento.

O que é ROI e como calcular

Se você já achou complicado entender a diferença entre KPI e Métricas aí em cima, fique calmo que ainda existe mais siglas na sopa de letrinhas do Marketing Digital para a gente aprender. =)

O ROI (retorno sobre investimento) é uma das métricas mais importantes no marketing. Este cálculo mede o quanto determinada ação ou campanha trouxeram de retorno. O resultado é definido pela seguinte fórmula:

(Lucro do Investimento subtraído do Custo do Investimento) Dividido pelo Custo do Investimento

Se o resultado for maior do que 1, o lucro será de 100% em cada R$ 1,00 gasto. Resultados negativos, significam prejuízos.

Para ficar mais fácil de entender, vamos à parte prática:

Se sua empresa lucrou 15.000 em um investimento de 5.000, por exemplo, sua fórmula ficará assim:

ROI = 15.000 (lucro) 5.000 (investimento) / 5.000 (investimento)
ROI = 2. Ou seja, 200% de lucro sobre seu investimento.

Agora que você já aprendeu o que significa ROI, é hora de entrar mais uma “sigla safada” no meio da brincadeira:

O que é ROAS e em que se difere do ROI

Diferentemente do ROI, que engloba todos os investimentos e lucros, o ROAS tem como principal função medir os esforços feitos especificamente com publicidade. Para isso, utiliza-se a seguinte fórmula:

ROAS = (Receita / Custos Publicitários) x 100

Esse resultado dará o melhor direcionamento quanto ao tipo de campanha. Utilize-o sempre que for extrair relatórios quantos aos investimentos realizados em um determinado período e documente estes dados para comparações.

Analisar o ROAS é importante para saber se qual das campanhas que você investe está dando um retorno realmente relevante.

E tudo isso que você leu até aqui vai servir principalmente para analisar quanto te custa para conquistar um novo cliente. Essa sigla é conhecida como CAC.

O que é CAC e porque ele é importante

CAC significa Custo de Aquisição por Cliente. Trata-se de um cálculo realizado para direcionar qual o esforço financeiro demandado para que cada cliente seja conquistado.

Esse KPI é muito importante para controlar possíveis investimentos em clientes que não trazem lucros para a empresa. A fórmula do CAC é simples:

Basta somar todos os investimentos feitos em marketing em um determinado período e comparar com o número de clientes obtidos.

Por exemplo: se sua empresa gastou R$ 10.000 em marketing em 2 meses, mas conquistou apenas dois clientes, cada um destes clientes custou R$ 5.000,00.

O que dirá se o esforço valeu a pena é o quanto cada cliente gastou nas compras realizadas, fator que trará diferentes percepções conforme o tipo de negócio.

Outra coisa importante para se considerar aqui, é que normalmente as empresas tem um custo alto para a entrada de um cliente e esse investimento vai se diluindo conforme esse cliente volta a comprar.

Grandes players de e-commerce levam em consideração esse KPI investindo altos valores para a aquisição de um novo cliente e trabalhando para que ele aumente sua frequência de compras.

E se você chegou até aqui, já deve estar com a língua para fora e com dor nos olhos, mas leia o restinho do texto que a sopa de letrinhas já acabou.

Falta só esclarecer:

O que significa TAXA de REJEIÇÃO?

Não são poucas as vezes em que alguns clientes entram em contato comigo tristes (pra não dizer putos da vida mesmo) quando me dizem coisas mais ou menos assim:

“Thiago, a taxa de rejeição do meu site está em 50%. Isso é um ABSURDO!!!”

Se um profissional de marketing morresse a cada vez que alguém se assusta com a taxa de rejeição do Google Analytics, com certeza esse texto só seria publicado através da psicografia de um médium, pois eu já não estaria mais aqui.

Brincadeiras a parte, você precisa saber que:

O nome TAXA DE REJEIÇÃO não significa que as pessoas odeiam seu site. Isso quer dizer apenas que as pessoas saíram do seu site através da mesma página em que elas entraram.

Sendo assim, se você chegou até esse artigo porque estava buscando no google: O que Significa Taxa de Rejeição e encontrou a resposta correta, não vai precisar consumir mais nenhum conteúdo, então a taxa de rejeição desta página será próxima de 100%.

Mas isso não significa que você deva deixar de lado essa métrica, pois você deverá sempre buscar a menor taxa de rejeição possível.

Agora que você entendeu a importância das métricas e KPIs, que tal continuar se informando para ter sucesso nas suas estratégias online? Confira nosso post sobre Inbound Marketing e prepare-se para alavancar seu negócio!

 

Comentários

comentários

Uma pessoa obcecada pela constante busca de resultados, que vive de metas, sonha com sucesso e se alimenta de novidades todos os dias. :)