4 erros para você não cometer durante seu atendimento -

4 erros para você não cometer durante seu atendimento

erros do atendente

30 ago 4 erros para você não cometer durante seu atendimento

Boa parte do sucesso de uma empresa vem da forma como ela trata os seus clientes, e isso independe de quem são eles. Seja a empresa uma multinacional que atua numa relação B2B ou uma empresa de varejo, que vende diretamente para o consumidor final, o fato é que o relacionamento é sempre a chave do negócio. É muito importante que o atendimento seja feito da forma correta, para que o contato que veio para sanar uma dúvida ou fazer um compra não acabe virando um problema ou uma oportunidade perdida.

Veja abaixo 4 erros comuns para você não cometer durante seu atendimento

 

Não deixe o cliente esperando

Não importa qual o meio de comunicação, a espera sempre será algo desagradável. Se o cliente entrou em contato buscando ajuda, é por que de fato ele está interessado em algum produto.

Quanto mais tempo demorar pra ser atendido, maior a chance de não ficar satisfeito, menor a chance de conversão e maior a chance do problema aumentar caso seja uma pós-venda.

Não postergue a solução do problema

Essa é principal reclamação dos usuários de SAC que não têm o seu problema resolvido no primeiro atendimento. Normalmente o que ocorre é a transferência do cliente para outra central, obrigando o mesmo a repetir diversas vezes as mesmas informações e fazendo com que o atendimento seja traumatizante.

Se isso acontecer, é bem provável que o cliente espalhe essa experiência ruim para muitas pessoas, o que vai prejudicar a imagem da empresa e criar uma crise de marca, especialmente falando das redes sociais.

Duvidar da reclamação do cliente

Muitas empresas, devido a falta de experiência em seu atendimento nos canais de comunicação digital, acabam por jogar a culpa no cliente, colocando à prova a forma como ele utilizou o produto ou serviço, até encontrar um possível erro. E outras vezes a reclamação é atendida, mas num tom de desconfiança, como se o cliente tivesse querendo tirar vantagem da empresa e a reclamação fosse atendida só como uma obrigação da empresa, não como um direito do consumidor.

Não avaliar a satisfação do cliente com o atendimento

Algumas empresas já utilizam do mecanismo de avaliação após a ligação ser encerrada ou mesmo uma pesquisa online depois de um atendimento presencial. Mas nem todas se preocupam em saber se a solução proposta foi a melhor para ambas as partes, visto que, muitas vezes, o cliente aceita a resolução apenas para não perder completamente o dinheiro investido em uma compra ou para poupar seu tempo.

Por isso é importante pesquisar a opinião do usuário e aplicar melhorias em relação ao que foi constatado.

Comentários

comentários