Conheça a Tik Tok, rede social que virou febre nos EUA e na China -

Conheça a Tik Tok, rede social que virou febre nos EUA e na China

tik-tok-rede-social

25 jan Conheça a Tik Tok, rede social que virou febre nos EUA e na China

Prepare-se: você ainda vai ouvir falar muito sobre a Tik Tok, uma rede social para vídeos curtos que se tornou uma verdadeira febre entre os jovens orientais. Para se ter uma ideia do sucesso, em outubro do ano passado, o app superou Instagram e Facebook na lista dos mais baixados nos EUA, contabilizando mais de 130 milhões de usuários.

No Brasil, a rede social começou a ganhar visibilidade depois que youtubers como Winderson Nunes criaram seus perfis. 

conheca-tik-tok

Como funciona a Tik Tok?

O app para Android ou iOS é voltado para a gravação de vídeos curtos, entre 15 e 60 segundos. Os vídeos podem ser criados em uma plataforma de efeitos parecida com a do Snapchat. Mas, como a rede nasceu com foco dublagem, tem opções para a criação de vídeos com trilha sonora, vários efeitos especiais e ferramentas de edição.

O boom de popularidade da rede social aconteceu após a fusão com o antigo Musical.ly, em agosto de 2018. O app de dublagens foi comprado por US$ 1 bilhão pela Byte Dance, dona da já existente TikTok. Depois da fusão, os apps foram unidos e o nome TikTok foi mantido. Os 100 milhões de usuários ativos do Musical.ly foram migrados automaticamente para a nova plataforma.

Conheça as ferramentas

TikTok tem um catálogo com músicas nacionais e internacionais separadas por categoria, entre as tops do momento ou por gênero musical.

Ao visualizar um vídeo, o usuário vê o nome do artista e da música utilizada no vídeo. Dá para mixar o volume do som ambiente com a trilha sonora escolhida, fazer duetos audiovisuais, editando vídeos de outras pessoas e usar uma infinidade de filtros, figurinhas e afins.

Os vídeos de dublagem que eram o foco inicial deram lugar a vídeos sobre qualquer coisa: receitas, maquiagens, dança, habilidades curiosas. É praticamente impossível navegar pela rede e não encontrar nada que chame a sua atenção.

A chave do sucesso

A revista americana Wired creditou o sucesso do app ao fato de ele se aproximar da necessidade do público jovem nas mídias sociais, possibilitando a criação de experiências para imprimir sua identidade.

Mas isso não quer dizer que há uma restrição de idade. O desfile de criatividade nos vídeos pode conquistar pessoas das mais diferentes faixas etárias. Tá esperando o que para conhecer? Quer saber mais sobre redes sociais como a Tik Tak e o Sparkle e novidades do mundo digital? Acompanhe a Casa de Imagem!

Comentários

comentários