Dia Internacional Da Mulher - 5 erros para não cometer -

Dia Internacional Da Mulher – 5 erros para não cometer

26 fev Dia Internacional Da Mulher – 5 erros para não cometer

Preparando as campanhas e posts para o Dia Internacional da Mulher? Se liga nos 5 erros que você não pode cometer sobre a data.

O Dia Internacional da Mulher surgiu no início do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, com a finalidade de reconhecer as lutas femininas por melhores condições de vida, trabalho e pelo direito ao voto.

Nos últimos anos, o Dia Internacional da Mulher vem ganhando mais espaço nos calendários de vários países, através de ações de coletivos feministas, discussões em programas de TV e claro, de campanhas publicitárias.

Ainda que a pauta feminista esteja em alta e seus conteúdos sejam cada vez mais difundidos entre a sociedade, os erros em relação ao Dia Internacional da Mulher são frequentes na forma que as empresas tratam a data.

Por isso, a Casa de Imagem aponta 5 erros para não cometer no Dia Internacional Da Mulher.

via GIPHY

Romantização da data

Rosas, chocolate, mimos… Sabe o que isso tem a ver com o Dia Internacional Da Mulher? Nada. Deixe a romantização da mulher para o Dia dos Namorados, pois, o dia delas é para reflexão e exaltação do papel feminino na construção da sociedade e das lutas diárias contra o machismo e a desigualdade. Esse erro é muito cometido em textos, mas quase majoritariamente a direção de arte das peças peca nesse quesito.

Incentivo ao consumo

Muitas empresas confundem o simbolismo do Dia Internacional da Mulher com as datas comemorativas em função do consumo, como o Natal. Isso pode dar muito errado. Promoções, descontos e brindes costumam pipocar na data e até agradam o público, mas a forma de comunicar as ações precisa de atenção para não transformar o Dia da Mulher em “Dia do Cama, Mesa e Banho”. Se até o Dia das Mães está se afastando da associação entre mulher e casa, usar o Dia da Mulher para promover móveis e eletrodomésticos, por exemplo, é um erro bem amador.

Estereótipos femininos

Flores, corações, a cor rosa, a delicadeza e tudo que abrange a feminilidade estereotipada não combina mais com todas as mulheres, muito menos com o dia de todas elas. Não foi pelos estereótipos que as mulheres batalharam e conquistaram seu espaço, além dos direitos básicos que os homens sempre tiveram, como o direito ao voto. Além de mostrar total despreparo da sua campanha em relação ao Dia Internacional da Mulher, estereotipar a mulher é remar contra a maré no atual cenário da publicidade.

via GIPHY

Machismos

Machismo já é errado na publicidade (e na sociedade como um todo) em qualquer época do ano, mas nesta data ele é inadmissível. Empresas que não têm o público feminino como target costumam cometer o erro de transformar o Dia Internacional da Mulher em alguma piada machista e de péssimo gosto, associando seus produtos às mulheres de forma ofensiva. Algumas empresas tornam-se foco de mobilizações online e até boicotes, o que faz com que elas voltem atrás, se retratem e até mesmo mudem seu posicionamento sobre o papel da mulher na sociedade e no consumo.


Fazer por fazer

Há também aquelas empresas que pegam carona no “modismo” da data e cometem qualquer um dos erros acima só pelo “fazer por fazer”, sem pesquisar minimamente o que ou como trabalhar a data. Não é nenhum crime não falar sobre o Dia Internacional da Mulher. Se a sua empresa não se encaixa no perfil, não tem o público alvo ou não tem a necessidade de lembrar a data, é até mais apropriado que não seja publicado nada as invés de algo sem verdade ou ofensivo.

Para não dar um tiro no pé, pesquise, busque referências e principalmente: ouça o que as mulheres têm a dizer sobre o Dia delas. Confira nosso artigo de 2017, com alguns trabalhos do Dia Internacional da Mulher.

Comentários

comentários