É preciso estar em todas as redes sociais? -

É preciso estar em todas as redes sociais?

31 jul É preciso estar em todas as redes sociais?

Saber identificar em qual cenário sua marca se encaixa é a primeira regra para se aventurar pela publicidade online. Afinal, não são todas as empresas que têm linguagem, conceito e produtos para serem apresentados nas redes sociais.

Ao decidir entrar nesse mundo a equipe de marketing deve analisar o tipo de conteúdo que é apresentado em cada rede social e em qual delas se encontra o público da marca. Apesar de a maioria dos internautas usufruírem de todas elas, a empresa pode constatar que consegue direcionar a mensagem de forma efetiva se tiver perfil em apenas uma rede social.

Confira um breve resumo de como deve ser o conteúdo e a atuação nas principais redes sociais:

Facebook: A plataforma mais usada pelos internautas brasileiros é também a que mais oferece funções ao perfil corporativo. Com ele a marca consegue mostrar seus produtos e falar do seu serviço, mas deve trabalhar bem a escolha do conteúdo e mesclar texto e imagem. É preciso ter frequência e estar atento a todas as mensagens recebidas.

Twitter: Com uma linguagem mais descontraída e curta, o twitter atrai empresas que conseguem interagir com os clientes em tempo real e sabem utilizar das mensagens para fortalecer o relacionamento.

Instagram: Uma rede de compartilhamento de imagens exige que a marca tenha belas fotos a mostrar. Mas isso está ligado ao tipo de produto que a empresa vende. Por exemplo: uma marca de moda pode explorar suas roupas e montagem de looks. Já empresas que oferecem serviços dificilmente vão conseguir transmitir sua mensagem em uma imagem, nesse caso é melhor evitar o perfil no Instagram.

Snapchat: A mais nova delas e a mais efêmera também, serve como um complemento para todas as outras. Mas por ser muito mais descontraída e “apagar” as mensagens em 24h, pode não ser válida para todos os ramos do mercado. Deve ser trabalhada de forma moderna e atrativa, combinando uma linguagem mais amigável aos consumidores.

Após escolher as redes em que sua marca mais se encaixa, tenha em mente que em qualquer uma delas é preciso estar ativo no relacionamento com o internauta, afinal, eles são os mesmos clientes que ligam para o SAC e, muitas vezes não conseguem solucionar o problema. Por isso, o melhor é aproveitar as plataformas para melhorar a imagem quanto ao atendimento e conseguir estreitar a fidelidade com os consumidores.

Comentários

comentários