Guia de design para mídias sociais -

Guia de design para mídias sociais

21 dez Guia de design para mídias sociais

Com o crescimento constante de usuários nas redes sociais, muitas empresas buscam criar uma presença online e um canal de comunicação direto com seus clientes. Facebook, Instagram ou Twitter, todas as três principais mídias sociais da atualidade oferecem ferramentas úteis para a sua empresa desenvolver um posicionamento online relevante.

Segundo dados oficiais, o Instagram atingiu em abril/2017 a marca de 700 milhões de usuários ativos diariamente, sendo 100 milhões classificados como “extremamente ativos”. Os altos números de usuários diariamente ativos tornam a plataforma um ambiente perfeito para testar novos produtos, implementar descontos e promoções, e até conhecer mais sobre as necessidades e preferências do seu público alvo.

Design, briefing e planejamento

Mas, quando o assunto é design, qual a abordagem a se desenvolver para as mídias sociais?

Cada mídia social possui suas diretrizes e práticas próprias, e coisas que funcionam bem em uma podem não ser o ideal para outra. O que buscamos é sempre produzir engajamento do público alvo e, para isso, o conteúdo e design deve ser adaptado de acordo com as necessidades.

Devido à grande quantidade de informações que recebemos diariamente nas mídias sociais, a comunicação deve ser sempre objetiva e rápida, caso contrário não despertará interesse e se perderá em meio a todas as outras. Para isso é importante primeiramente definir o que a empresa quer comunicar em cada post e depois em qual mídia será comunicada. Para ajudar nesta etapa é interessante sempre pensar em campanhas, um bom exemplo de campanha é Black Friday, uma prática cada vez mais adotada pelos brasileiros.

Para planejar sua campanha é interessante definir quais e quantos produtos você apresentará. Quais deles são novidades? Estão em promoção? Possuem alguma característica personalizada? O que será publicado via Facebook, Instagram e Twitter? Algum vídeo será produzido? Todas estas informações serão exploradas para desenvolver o design da sua campanha. Quanto mais completo o seu briefing, melhor será o entendimento do designer.

O consumidor sempre está interessado em novidades, promoções e características personalizadas, e as artes devem buscar destacar estas informações sempre que possível.

Invista em fotografias e até na produção de vídeos, pois fotos e vídeos de qualidade agregam valor imensamente aos produtos. Jamais trabalhe com material de baixa resolução, isso afetará diretamente na percepção da qualidade que a empresa oferece ao cliente.

Se a empresa vende produtos é importante sempre manter o seu banco de imagens atualizado, se a campanha é nova, pede novas fotografias. Entenda que a arte tem como objetivo despertar a atenção, e é na legenda que a informação se complementará.

Evite grandes quantidades de informações textuais nas artes, apenas chamadas diretas e ideias simples. O Facebook diminui drasticamente a visibilidade de imagens que contém muito texto, e o usuário tende a ignora-las rapidamente quando passam por sua timeline.

Caso a descrição do produto ou serviço tenha a necessidade de uma explicação mais elaborada, o designer pode utilizar elementos como vetores, contraste, hierarquia e disposição para organizar as informações. Enquanto a legenda irá detalhar e guiar o usuário para a landing page ou e-commerce referente ao produto.

Experimentações e testes

É vital se manter atualizado e novo nas mídias sociais, lembre-se que novidades são sempre interessantes. E para isso é necessário estar aberto a experimentar e testar coisas novas no seu design.

Mudanças de layout, novas cores para determinadas categorias de produtos, uma nova tipografia para uma campanha, abordagens gráficas diferentes, tudo isso pode ser experimentado. É importante sempre manter o manual de identidade visual da empresa em mente para não destoar demais, criando ruídos entre a campanha e a imagem da empresa. Experimente formatos diferentes, o Facebook possuí algumas opções assim como o Instagram.

Se você deseja criar uma presença no Instagram, mantenha em mente que enquanto o Facebook possui espaço para texto, o Instagram é quase exclusivamente imagético. Conteúdos em vídeo possuem uma boa absorção por parte do público, e o stories é um ótimo formato a ser explorado para vídeos de até 10 segundos.

Todas as mídias sociais, oferecem formas de interações rápidas e diretas por parte do usuário, fazendo delas o campo de testes ideal para experimentar novos produtos. Pensou em um produto ou serviço novo? Experimente primeiro o lançamento online, e monitore o engajamento para analisar a aceitação do seu público ao novo produto. Caso seja positivo, você terá as informações necessárias para também investir em outros meios publicitários para lança-lo.

Tenha em mente sempre que uma empresa que não inova, tende a se desatualizar em relação aos seus concorrentes.

Comentários

comentários