Inbound Marketing com SEO. Descubra porque é importante trabalhar os 2

Inbound Marketing com SEO. Porque são importantes?

inbound marketing

13 set Inbound Marketing com SEO. Porque são importantes?

Você sabe o que é marketing inbound? E SEO? Se você se interessa pela área de marketing digital, com certeza já ouviu falar algo sobre esses termos, não é?

Essa nova maneira de se conectar com os clientes vem sendo usada por inúmeras empresas no segmento digital, o que aponta para um futuro em que ou você se adapta ou acaba tendo grandes prejuízos.

Neste artigo, vamos te mostrar o que é marketing inbound e o SEO com detalhes e qual é o impacto que eles vão trazer para a sua empresa. Já adiantamos: eles são enormes.

Vamos começar?

Introdução

O marketing inbound e o SEO são, hoje em dia, grandes determinantes do sucesso da sua empresa. Com os dois, você pode atingir uma grande parcela de consumidores que ainda não são seus clientes, mas podem ser!

Em poucas palavras, você pode  lucrar mais.

Você já deu o primeiro passo para descobrir o que é marketing inbound e SEO! Tudo o que precisa fazer agora é continuar a leitura.

O que é marketing inbound?

O marketing inbound é uma nova forma de entender a publicidade. Chega de comerciais de TV que não dizem nada e outdoors que ninguém olha, o inbound procura cativar seu cliente em potencial – o seu lead – através de conteúdo relevante no seu blog e planejamento extenso voltado para comunicar com pessoas reais e específicas. Tudo isso com o intuito de se fazer presente na vida dos potenciais clientes, mostrando o quanto seus produtos e serviços podem contribuir para facilitar seu dia a dia.

Um bom marketing inbound leva em consideração a jornada do comprador e, assim, procura encontrar o cliente no meio do caminho, quando ele ainda está identificando um problema ou descoberta e o guia até a decisão de efetuar a compra.

O melhor de tudo é que o marketing inbound pode ser altamente direcionado:

a metodologia quer identificar qual é o perfil da sua clientela – as personas – para que você possa falar diretamente com ela, usando a sua linguagem e preocupando-se com os mesmos problemas que eles.

Mas se o lead ainda não tem uma opinião formada sobre o seu produto, como captá-lo para a sua empresa?

É aí que está a vantagem de trabalhar o inbound marketing com os recursos de SEO.

O que é SEO?

SEO é uma sigla que significa search engine optimization, que em tradução livre é otimização para mecanismos de busca. O nome pode parecer complicado, mas o conceito é bem fácil de entender.

O SEO é um conjunto de práticas aplicadas ao seu site e aos conteúdos no seu blog que te colocam no topo das pesquisas sobre o seu segmento no Google.

Dessa forma, quando um bom trabalho de SEO é feito, seu cliente encontrará você quando pesquisar sobre algum problema que está enfrentando e que sua empresa pode solucionar.

Precisamos ser sinceros por um momento.

Você realmente clica em links abaixo das três primeiras posições quando pesquisa por algo no Google?

E a segunda página, qual foi a última vez que você a visitou?

Estamos chegando a um ponto em que já estamos nos esquecendo completamente que ela existe.

Quando você oferece as respostas para as dúvidas do cliente, ele encara seu blog como uma conveniência do destino, algo que só está ali, como tudo na internet.

Para você, é muito mais do que isso: é uma oportunidade de negócios.

É só fazer uma pequena reflexão: qual é a forma mais fácil de se descobrir alguma coisa pela internet? O Google.

E você conhece alguém que pesquisa no google “remédio para dor de cabeça” quando NÃO está com dor de cabeça?

Se a sua empresa ajuda o lead a entender algo, você se torna uma referência, uma autoridade no assunto, e tem muito mais chances de vender quando ele se decidir pela compra.

Fácil, não é? Mas o SEO não atua sozinho. Como ele faz parte da metodologia do marketing inbound, o melhor é usar os dois juntos. 

A importância de integrar o SEO e o marketing inbound

Como vimos nos tópicos anteriores, a estratégia de inbound marketing trabalha de acordo com a jornada de compra do consumidor, e como o foco do SEO é justamente identificar as melhores maneiras de indexar o seu site/blog para que os mecanismos de pesquisas identifiquem sobre o que você fala, não há nada melhor do que utilizar as duas técnicas para extrair o potencial máximo dos resultados.

Se você faz todo o trabalho de pesquisa para criar suas personas e definir qual é o melhor tom a ser usado em cada um dos estágios de compra e não utiliza o SEO, todo o seu esforço será em vão: outras empresas tomarão o seu lugar no topo das pesquisas do Google.

Assim como realizar um bom trabalho de SEO, sem levar em conta as práticas de pesquisa e elaboração de estratégias personalizadas do marketing inbound, fará com que os leads encontrem o seu site, mas a leitura seja desinteressante, ou não convença o potencial cliente. O pior disso é que a concorrência na internet está a apenas um clique de distância.

Como o SEO funciona

Esses conceitos são legais de conhecer, não é?

Pelo que entendemos até então, o marketing inbound é um conjunto de metodologias e pesquisas que procura entregar para o cliente uma experiência ao invés de um anúncio genérico e o SEO faz com que a sua empresa seja encontrada no grande mar da internet.

Mas como o SEO faz isso exatamente?

Quais são suas práticas para atingir esses objetivos e como o Google trabalha para decidir o que é relevante e o que não é?

Veja o vídeo abaixo para entender melhor sobre o assunto.

Como o Google enxerga o seu site?

O Google nasceu em um dormitório da universidade de Stanford, transferido para uma garagem e, com o seu sucesso, para o “Googleplex” na Califórnia. Inicialmente, a ideia era organizar através de links e acessos quais eram as melhores fontes e referências para algum determinado assunto, e então mostrá-los em forma de lista.

O desenvolvimento da plataforma e o estrondoso sucesso que transformou a empresa de garagem na maior multinacional do planeta não mudou sua missão: organizar as informações do mundo todo e torná-las universalmente acessíveis e úteis.

O que o marketing inbound faz é abraçar essa visão, assumindo a responsabilidade de criar conteúdo relevante para que o Google possa torná-las acessíveis. É aí que entra o SEO e um conceito novo, mas também fácil de entender: o Pagerank.

O que é Pagerank?

O Google utiliza o Pagerank como critério para decidir a ordem com que as páginas são mostradas dentro do sistema do buscador, levando em consideração o contexto, a qualidade e a quantidade de links que uma página recebe, classificando-a em uma métrica que vai de 0 a 10, sendo 0 o menor indicador e 10 o maior.

Basicamente, o Pagerank calcula o posicionamento da sua página em relação a outra, mas serve mais como um parâmetro do que algo para se preocupar acima de tudo. As pontuações são atualizadas de 3 em 3 meses e o SEO em conjunto com um trabalho de palavras chave, page authority e domain authority são os conceitos que você deve realmente considerar.

O que é page authority e domain authority?

Lembra que nós falamos que a missão do Google é transmitir informações para todo o mundo? E que o marketing inbound e o SEO são aliados nessa tarefa? O page authority e o domain authority são algoritmos do Google para que todo o conteúdo exibido nos primeiros resultados de pesquisa sejam realmente relevantes, não apenas um uso abusivo de palavras chave e links fantasmas.

As palavras chave são formas de sinalizar ao Google que você tem informações sobre um assunto e que merece estar em uma posição privilegiada. Elas devem compor boa parte do texto para que tragam resultados. Porém, um uso alto demais pode transmitir a mensagem errada: que o seu site só está procurando atrair visitantes e não se interessa com o conteúdo.

O domain authority, ou autoridade de domínio, leva em consideração alguns parâmetros para julgar a relevância dos conteúdos que você oferece no seu site.

O Domain Authority é calculado mais ou menos da mesma forma que o PageRank, porém as notas vão de 0 a 100, sendo que quanto mais perto seu domínio estiver do número 100, maior é a sua relevância perante os buscadores.

E para conseguir aumentar a nota do seu dominio, é importante observar a quantidade de links externos que apontam para o seu site, o tempo de permanência dos usuários, as conversões, o número de visitas e o número de visitantes, ou seja, pessoas visitam seu site de forma recorrente.

Já o page authority trata das próprias páginas, levando todos esses fatores em conta para estabelecer se páginas em específico no seu site são relevantes ou não.

Quanto mais bem colocado for o seu site e suas páginas em relação ao domain e page authority, melhor será o seu posicionamento no Google. Isso mostra que os seus esforços de SEO na direção do marketing inbound estão dando resultados.

Como funciona o inbound marketing?

A real natureza do marketing inbound é a de metodologia, um conjunto de práticas para atingir um objetivo específico. Qual é o objetivo? Vender mais!

Portanto, neste tópico vamos explorar sobre o ponto em que o marketing inbound mais se difere do tradicional: A jornada de compra.

Você pode assistir uma palestra realizada pelo nosso diretor Thiago Corteis onde ele explica melhor como funciona esse processo.

A qualidade da gravação não é lá das melhores, mas o conteúdo vale a pena.

A jornada de compra

O marketing inbound apresentou um conceito revolucionário dentro do mundo da publicidade, que vai muito além de conhecer o seu cliente e estabelecer personas ou fazer e-books.

O que o marketing inbound realmente procura fazer é identificar em qual estágio de compra o seu lead está, para que você possa acompanhá-lo por ela e o ajudar a fazer a melhor escolha. Esse é um esforço do marketing inbound para criar verdadeiros laços com os clientes, relações de utilidade, fazendo com que a empresa se torne muito mais do que alguém que quer vender, mas alguém que quer ajudar.

O primeiro estágio da jornada é a descoberta.

O lead tem interesse em algum assunto que é do seu segmento, e se você trabalhou a questão das personas do marketing inbound você já sabe qual é o público que se interessa pelo seu produto.

Vamos dizer que você trabalha com móveis. Na fase da descoberta, o lead irá ler no seu blog as maravilhas que um design planejado de móveis podem fazer na sua casa, coisa que ele ainda nem imaginava.

Vai conhecer os vários estilos de design de interiores e se apaixonar por decoração. Quando ele reconhecer a vontade de trocar os seus móveis você deve acompanhá-lo para o próximo estágio:

O reconhecimento do problema.

No reconhecimento, seu lead percebe que algo não está certo na sua casa. Seus móveis não são confortáveis ou estão com sérias avarias, ou talvez não sejam o suficiente para se atingir o design de interiores que ele gostou tanto de conhecer pelo seu blog.

Nesse momento, o seu conteúdo nos blogs o acompanha, mostrando as vantagens de se optar pelo seu segmento (não necessariamente o seu produto!) na hora de trocar de móveis, levando em consideração o que ele já leu anteriormente e mantendo uma conformidade editorial forte.

Depois que seu lead reconheceu o problema, o marketing inbound nos guia para o próximo estágio:

A consideração de compra.

É importante ressaltar que o trabalho de SEO deve ser feito em todas as publicações de todas as fases da jornada, pois você nunca sabe em que ponto dela seu lead está.

Na consideração, é importante que você mostre como é fácil comprar móveis planejados, introduzindo aqui um pouco sobre os seus produtos e os seus preços.

Finalmente, o lead decide: irá comprar um móvel planejado.

Agora é o momento de você transmitir para ele que a sua loja é a melhor solução. No marketing inbound, o nome desse estágio de compra é o

estágio da decisão.

Parece que chegamos ao fim. Mas ainda temos uma grande dica para você sobre marketing inbound e SEO, é rapidinho, não nos deixe agora!

Marketing inbound e SEO aplicados

Esse apanhado teórico já serve para você conhecer a terminologia e entender como o SEO e o marketing inbound funcionam na prática. Mas se você quiser aplicar tudo isso para o seu negócio e se beneficiar dos resultados que o marketing inbound oferece, nós recomendamos que você procure uma empresa especializada no assunto.

Isso porque o caminho para a construção de uma estratégia eficiente de marketing inbound e SEO é longo, acompanhando a empresa por toda a sua trajetória. O esforço deve ser constante e procurar sempre uma evolução.

Resumindo, você precisa de uma equipe preparada trabalhando sem parar em SEO e marketing inbound. Se você não tiver, outras empresas provavelmente terão, e elas é quem irão abocanhar a fatia do mercado que você tanto almeja.

Portanto, não tenha medo, procure uma agência digital especializada em SEO e marketing digital e comece a faturar muito mais!

A casa de imagem oferece soluções de marketing inbound e SEO para a sua empresa com responsabilidade e profissionalismo.

Depois desse artigo, você provavelmente já entendeu isso, não é?

Solicite um orçamento com a gente!

Comentários

comentários

Uma pessoa obcecada pela constante busca de resultados, que vive de metas, sonha com sucesso e se alimenta de novidades todos os dias. :)