Porque a Casa de Imagem não cobra Comissão sobre o Investimento?

Não cobramos BV

Porque não cobramos BV

14 jun Não cobramos BV

As novas tecnologias e os novos tipos de mídia mudam constantemente a vida das agências e de seus profissionais. Para atualizar suas campanhas e garantir a inovação que os clientes tanto buscam, as agências adotam diversas mudanças em seus métodos de trabalho e negócios, mas parece que uma está meio difícil de acontecer.

O Bônus por Volume, mais conhecido como BV, é esse caso de resistência.

O modelo de comissionamento faz parte da vida das agências desde a década de 50, quando foi implantado pelas gigantes Rede Globo e Editora Abril, e hoje é visto na maioria das negociações de mídia do mercado.

Basicamente, o BV é uma porcentagem que a agência recebe dos veículos pelos anúncios ou serviços contratados, ou seja, o BV pode vir tanto de Tv e rádio, quanto de gráficas e empresas de outdoor, por exemplo.

A bonificação, que gira entre 5% e 20% da verba investida, entra em questionamento quando aplicada ao marketing digital, pois os veículos como Facebook e Google não repassam essa porcentagem às agências, mas elas acabam recebendo mesmo assim.

Sabe como?

Retendo sua porcentagem do valor investido e diminuindo o repasse aos veículos.

Se uma campanha de Google Ads (antigo Google Adwords) com investimento de R$100,00 terá 20% dessa verba destinada ao BV da agência, logo, somente R$80,00 será o valor real que o Google vai receber para veicular o anúncio, e esses R$20,00 fazem diferença!

Outra desvantagem é que o investimento proporcional ao BV torna o trabalho inviável a longo prazo.

O objetivo das agências e das empresas é crescer, logo, isso implica em investir em veículos e campanhas cada vez melhores, mas para isso é preciso mais verba. Então, se teremos mais verba, teremos mais BV também. Imagine só quanto de comissão fica para uma agência em uma campanha com investimento de seis dígitos?

Há ainda alguns casos de agências que inviabilizam ações, principalmente digitais, em que não é possível aplicar o BV.

Sim, infelizmente acontece. Por exemplo, em mídia gratuita e espontânea, em que uma ação de oportunidade pode render leads ou divulgação da marca, a agência muitas vezes não recebe BV, pois não houve investimento em mídia.

A questão aqui não é desmerecer agências que cobram o BV, ou julgar se é certo ou errado, pois não é ilegal.

Mas é hora de considerar que essa prática já não é mais interessante se levarmos em conta que mesmo com 100% de investimento, nem sempre as empresas têm o retorno esperado e uma hora o cliente vai se questionar se o valor dessa comissão não está atrapalhando seu orçamento e estratégias. Até porque as agências já recebem pelo trabalho prestado, através de seus contratos.

Ah, e só para ressaltar:

a Casa de Imagem não cobra BV e trabalha bem assim!

Temos o compromisso de aproveitar a verba total de nossos clientes direcionando-a às melhores soluções em campanhas online.

O resultado para os nossos clientes é o nosso sucesso.

E se você também pensa assim, CLIQUE AQUI! e solicite um orçamento para tirar sua empresa do Off.

Comentários

comentários

Eu ajudo empresas a aumentarem sua presença online, seja com o objetivo em vendas ou reconhecimento de marca. #SaiaDoOff